O Culto que Piora a Alma

Gutemberg Nunes
Missionário no Senegal 🇸🇳

“Nisto, porém, que vos prescrevo, não vos louvo, porquanto vos ajuntais não para melhor, e sim para pior.”
‭‭1Coríntios‬ ‭11:17‬ ‭

Geralmente quando alguém vai “ao culto” ou “se reúne como igreja”, é para qual objetivo?

Pensamos: “para a edificação; adoração; comunhão, serviço uns aos outros; instrução…”; resumindo, o culto tem que ser para a Glória de Deus.

Mas é possível um culto que piora a alma? Um culto desprovido da Glória de Deus? um culto destituído de comunhão e adoração?

Infelizmente sim! Todo culto que nos desumaniza é um culto que piora a alma.

Um culto onde os interesses são outros que os de Deus, tem um “logo” de celebração da fraternidade, mas é marcado por divisões; tem a aparência de santidade, mas é um culto prostituído; tem um alvo da comunhão com outros, mas o que rola é o desrespeito, indiferença, intrigas, bajulações tolas, individualismo, tirania e opressão. É um verdadeiro clube social, um pódio de disputa de poderes e status, uma fábrica de máscaras, um comércio de almas.

“Por isso há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos os que dormem”. Não tem como não ficar doente, e até mesmo não morrer num culto assim.
Nossa alma vai piorando, nosso corpo vai psicossomatizando, enfim, gera morte; a morte do nosso verdadeiro “eu” em Cristo.

Por duas vezes o apóstolo Paulo fala sobre nos examinarmos. Não podemos perder os olhos do discernimento, de uma consciência que avalia, reavalia, repensa, e que se mantém lúcida.

Caso contrário, cairemos nas ciladas de uma alma doente que julga cultuar a Deus, mas na realidade, caminha distante do seu Criador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima