Médicos Sem Fronteiras deixam Marrocos e denunciam violência

A ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF) anunciou nessa quarta-feira 13/03/13) que deixa o Marrocos onde trabalha desde 1997. O motivo é o aumento de violência contra migrantes subsaharianos. O Marrocos recebe muitos imigrantes entre os 6 milhões que tentam, todos os anos, migrar para a Europa.