Dois imams são presos no Senegal

Enquanto o Estadterroriste-300x168o Islâmico e o Boko Haram espalham o terror jihadista, o Estado Senegalês faz o seu trabalho.

Eu estava com um amigo muçulmano no carro dele ontem quando ouvimos a notícia da prisão de um imam ter feito apologia ao terrorismo. Meu amigo se mostrou preocupado no sentido de a polícia estar sendo muito dura e a população se revoltar por uma prisão injusta.

É sabido que o Boko Haram cresceu tanto na Nigéria por causa de um Estado que mostrou fraqueza em reprimir o terrorismo. Muita gente foi morta e vilarejos inteiros foram eliminados.

No Mali, vizinho do Senegal já houve ataques terroristas. O Senegal até hoje tem sido guardado desse mal. Mas até quando?

Segundo os sites BBC Afrique e  Actusen.com um imam de Kolda foi preso por ter um discurso jihadista e outro por ligações com o Boko Haram.

Essas prisões podem mostrar duas coisas. O Estado está atento à movimentação terrorista. Mas por outro lado mostra que essa movimentação está presente no Senegal.

Levando-se em consideração o contexto da África negra mais ocidental em relação ao terrorismo o cuidado é bom, mas nenhum motivo tão alarmante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *